PREFEITURA REALIZA 1° FÓRUM COMUNITÁRIO SELO UNICEF
Publicado em: 21/06/2018 ás 08:29:00 Autor: Paolo Henrique

 

Na ultima quarta-feira (20) foi realizado o 1° Fórum Comunitário do Selo UNICEF na quadra poliesportiva da Escola Municipal Francisco Divino Vasconcelos em Bandeirantes do Tocantins.

Fizeram parte do evento a 1ª Dama Blena Ludymilla, Presidente da Câmara de Vereadores Saulo Borges, Secretária da Saúde Cleuzenice Sales, Secretária de Educação Cecy Freitas, Conselheiros Tutelares, representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, lideranças comunitárias, profissionais de saúde, educação e assistência social e comunidade em geral.

A cerimônia de abertura executou o Hino Nacional no início do evento, e em seguida, aconteceram as apresentações culturais, realizado pela professora Genéria, professor Nelson e Monitora Paulina com os alunos do 2° ano.

O  evento é um ‘pontapé inicial’ para obtenção da edição 2017/2020 do Selo UNICEF, e é organizado pela Prefeitura de Bandeirantes do Tocantins, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA) e com o apoio das Secretarias Municipais de Saúde e Educação.

Os participantes fizeram grupos para debate e realização do Mercado de idéias (Rodízio de facilitadores e relatores)

 “O engajamento, por si só, independente do resultado contribuirá decisivamente para melhorarmos nossos indicadores em todas as áreas, principalmente nas políticas de assistência social”, Ressalta a articuladora e psicóloga Silvania Cruz.

 

Selo UNICEF

O Selo UNICEF é uma iniciativa para melhorar as condições de vida das crianças e dos adolescentes no Semiárido e na Amazônia Legal Brasileira, áreas que concentram o maior número de meninos e meninas em situação de vulnerabilidade. Essa iniciativa vem contribuindo para que o Brasil reduza as disparidades regionais e avance na universalização dos direitos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Os municípios que se inscrevem no Selo assumem o compromisso de elaborar um diagnóstico participativo da situação da população de até 17 anos e um Plano Municipal de Ação para enfrentar os principais problemas que afetam meninas e meninos.  São analisados índices como Mortalidade infantil, Óbito materno e infantil, Pré-natal, taxa de abandono no ensino fundamental, distorção idade-série do ensino fundamental e percentual de crianças de até um ano com registro civil.

Notícias relacionadas